quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Existência

Dedico à todos amantes da escrita e das outra artes!













Transcrevo leves círculos em busca
De uma pérola esquecida há anos:
"Tudo que precisavamos é aquilo
Que nos esforçamos para ignorar."

Oh, vida por quê prega tantas peças
Naqueles que não sabem interpretar?
"A maldade nunca está no rubro convite,
Mas sim na possível aceitação do mesmo!"

Ouça a música que toca no salão,
São tantos que a ouvem e dançam
Sem perceber o que há por trás
Dessa doce melodia que é viver.

Eu sinto as palavras que entram na mente
Se tornarem existências em formas perfeitas
Sem regras, sentir, amar, escrever e viver são
Um só espírito de arte, minha pura beleza.

2 comentários:

Tânia T. disse...

Eii!!

TAva com saudades das suas postagens..

Tava me lembrando esses dias que aprendi a gostar de poesias lendo as suas.. nunca vou me esquecer disso! *--*

Postagem linda! Você arrasa..

Some mais não, viu?


bjuu

Matti disse...

"São tantos que a ouvem e dançam
Sem perceber o que há por trás [...]
Sem regras, sentir, amar, escrever e viver são
Um só espírito de arte, minha pura beleza. "

Perfeito, Dany *_* Poder nos expressarmos livremente e sem medo, só através da poesia