sexta-feira, 26 de março de 2010

O viajante




O viajante se perde no tempo
Se perde com o coração quebrado
Viaja sem destino definido
Encontrando partes de si mesmo

O viajante faz paradas
Conta historias e ri
Ele vê o tempo passar
E sabe que terá que partir

E junta suas coisas na mochila
Esquece coisas e guarda outras
Ele tenta partir mas não consegue...
Seu coração finalmente se completou.

3 comentários:

Julio... disse...

Caraks.. gostei mto do seu blog!
E do seu post! VIAJANTES.. seguido tbmmm..

volto em breve.. hehehe!

Tudo Girl! disse...

poesia liinda! <3
adooron seu blog.
bjs :*

Tania Girl disse...

Que poesia linda!!
Você tem tanto talento!Parabéns!

É tão bom quando nosso coração se completa neh??
bjos