sexta-feira, 27 de maio de 2011

Amor II















Sussure canções perdidas em meus ouvidos,
Faça cada conto ganhar vida diante de ti
E eu poderei acreditar em qualquer fantasia,
Pois você sempre será minha rota de sentidos.

Eu pude estar perdida demais para voltar
No entanto eu sei que nada é o que já foi,
Você conseguiu puxar-me devolta a superfície,
Você salvou minha alma de nunca poder amar!

Mesmo que eu Ande pela estrada desconhecida,
Não temerei nenhum dos perigos escondidos,
Porque enquanto você segurar minha mãos,
E sei que nunca me sentirei novamente perdida.

Então fique mais alguns momentos comigo
E deixe que o mundo gire por si mesmo
Eu só quero perpetuar este belo momento
Antes que você esqueça as palavras que eu digo... te amo!

2 comentários:

Nyllson Oliveira disse...

Parabéns pelo Blog, muito legal...
Muito Linda a Poesia.

Drizana Ribeiro disse...

Fiquei sem palavras.......
Que linda ! Linda, linda e linda esta continuação !
Adorei !
Bjs, Dri !